Comissão Especial da ALES vai investigar contrato da Rodosol

O serviço prestado pela Concessionária Rodosol será o foco dos debates de comissão especial instituída na Assembleia Legislativa (Ales). A criação do novo colegiado, que será presidido pelo deputado Carlos Von (Avante), foi autorizada pela Resolução 6.781, publicada na edição do Diário do Poder Legislativo (PDL) desta quinta-feira (6).

O objetivo, segundo Von é investigar o contrato, que vence em 2023, desde a sua criação, em 1998, além de fiscalizar o serviço que vem sendo entregue à população capixaba e discutir uma política de cobrança mais justa nos pedágios.

Para isso, o deputado pretende convidar os atores que participaram do início das atividades para entender como foi elaborado o contrato. Ele alega que a população reclama dos altos valores cobrados nos pedágios nos trechos administrados pela concessionária, principalmente na parte que liga Vila Velha a Guarapari, que hoje custa R$ 9,00 para carros de passeio.

O deputado defende que o aumento dos valores nas duas praças administradas pela Rodosol precisa ser explicado. Segundo ele, em 2012 a Praça da Terceira Ponte cobrava R$1,80, enquanto a de Guarapari estava taxada em R$ 6,80. Este ano é possível atravessar de Vila Velha para a Capital pagando R$2,10. A tarifa não é cobrada no sentido Vitória/Vila Velha.

“De oito anos pra cá o valor da cobrança na Terceira Ponte diminuiu, enquanto o preço para circular pelo quilômetro 30 da Rodovia (do Sol) subiu consideravelmente. Vamos buscar um entendimento conjunto sobre como foi construído esse documento que estipulou as regras para a exploração do trecho e buscar valores justos para todos”, argumentou o deputado em entrevista concedida ao telejornal Ordem do Dia desta quinta (6).

O novo colegiado tem caráter temporário e está em fase de estruturação para escolha dos membros e organização das reuniões ordinárias. A previsão é que comece a atuar ainda no primeiro semestre.

Política ES

Administração Política ES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *